A VIAJANTE DO TREM

Essa página reúne as postagens que faço do meu dia a dia no transporte mais amado de SP: o Trem!


Também serve para qualquer outro transporte público, mas sempre sem perder o bom humor!


Compartilhem essa página e ajudem enviando mensagens com situações que já vivenciaram.


Fazendo isso, tenho a certeza que o Santo Padroeiro dos Usuários de Trens vai reservar um lugar muito lindo, em pé, esmagado, no próximo trem que você pegar! :-)

Brinquedão

1 comentário

Quando Mudamos?

Deixe um comentário...
Fora dos trilhos, a pergunta é "Quando mudamos?".
Leia hoje, no Jornal DAT:


Aquecer a Alma

Deixe um comentário...
Fora dos trilhos, mas tão quentinho quanto um trem lotado.
Leia hoje, no Jornal DAT:


Trilha Sonora

Deixe um comentário...

Acredito que muitas pessoas, assim como eu, fazem de algumas canções a trilha sonora de nossas vidas.
Algumas representam paixões, momentos marcantes, tem as que cantamos para os filhos, enfim, várias situações embaladas por essas sonoridades.
E parafraseando trilha, trilhando por aí no metrozinho e trenzinho de todo dia também dá para termos as nossas canções preferidas.
A clássica “Encontros e Despedidas” é uma delas. Quem nunca esperou alguém, em alguma plataforma, olhando todo aquele vai e vem, que atire o primeiro trident.
Ela é a top music, a melhor de todas, sem dúvida alguma, mas temos várias coadjuvantes que podemos destacar.
Quem nunca associou a selvageria no embarque da Luz com essa canção:
“Ô abre alas, que eu quero passar....”?
É claro, não é assim tão simpático esse momento, mas de repente, com essa musiquinha na cabeça, a gente pode imaginar que está num desfile de escola de samba e o rodopiar ao entrar, nos torna como uma baiana da agremiação, não é?
Para quem gosta de Roberto Carlos, há também uma canção.
Infelizmente nos momentos mais estressantes é que descobrimos a força que temos e no furacão 2000 que é o pico é mais ou menos como se ao fundo ouvíssemos:
“Por isso uma força, me leva a “empurrar”. Por isso essa força estranha no ar...”
Tem Tim Maia também provando que atendemos todos os gostos. Quando rola uma paquera dentro do trem lotado, você aqui, a pessoa ali, fala a verdade, não é que vem na hora a música:
“Eu e você, você e eu...juntinhos!”
Agora tenho certeza que a música que mais você gostaria de ouvir depois daquela noite sem dormir por conta da insônia, vizinho berrando, criança chorando, já imaginando o perrengue que vai ser o início da semana, com o calo latejando no dedão, seria essa:
“Senta aqui, não tenha tanta pressa, senta aqui...”.
Como é bom quando essas raríssimas gentilezas acontecem.
É tudo o que precisamos para “o dia nascer feliz, essa é a vida que eu quis”, não é mesmo?

Sem Graça

1 comentário
Ah, eu sou maluca mesmo, mas quem nao é?
Leia hoje, fora dos trilhos, no Jornal DAT:


Namoradinhos

Deixe um comentário...
Dia dos Namorados chegando e lá vamos ver o que existe nos trilhos.
Leia hoje, no Jornal DAT:



É o fim

1 comentário
Fora dos trilhos hoje, eu pergunto:
"Quem estará com você quando você se for?".
Leia hoje no Jornal DAT:

http://www.portalnews.com.br/_templates/materia/mobile.php?materia=/_conteudo/2016/06/opiniao/artigos/32997-quem-estara-no-fim.html