Pilares

2 comments
Pilares

Uma música antiga do Lulu Santos começava assim: “como vai você, hoje em dia? Espero que esteja, tudo bem.”
Sempre lembro dessa música quando me recordo das várias pessoas que já passaram pela minha vida.
Os pilares da minha construção.
É reconfortante saber que elas sempre surgirão em cada etapa dessa obra.
Os primeiros e sempre inesquecíveis da escola onde achávamos que tudo seria permitido ser feito: piadas prontas, dança no meio do pátio do colégio, “paixonites” agudas, uma discreta cabulada da escola e conversas, conversas, conversas que nunca cessavam e deixavam nossos pais loucos com as contas de telefone.
Das tardes de desbravar as ruas de Suzano com minha mobilete e achar aquilo o ápice da liberdade juvenil!
As risadas geradas do nada, sem muito contexto, sem necessidade alguma de estar inserida em algum grupo.
É ser de todos e ser de você mesmo.
As descobertas dos bailinhos, a virada para a vida adulta e a incerteza do que virá.
Saber o que se quer ou não, mas sempre com alguém do lado.
Que estende sua mão ou que simplesmente, só se aventura com você.
Quando morei durante 4 meses em Recife, no auge de uma mudança extrema para os meus 19 anos, alguns “tijolinhos” também sinto saudades.
Sem eles, a estadia teria sido mais difícil.
Dos primos que lá estão e que até hoje lembro do tríplice passeio em uma moto, em plena Avenida Boa Viagem. Sim, as loucuras também nos sustentam.
Saber que está tudo bem porque alguns deles existem até hoje em minha Vida e sempre vão existir, sem a necessidade de saber onde estão.
Mas acreditar que também há sempre a sustentação daqueles que apareceram, não aconteceram naquele momento e de repente, surgem do nada de novo, invadindo sua vida com alegria.
Tenho vários assim também e agradeço esses presentes.
Por mais saudosista que possa parecer esse texto, ele resumidamente quer dizer isso nesse dia:
“A vida nos distancia e aproxima à medida que precisamos.
Se um dia estiver distante, talvez você já não precise mais? ”
Aproveite! Pilares são presentes de Luz.



2 comentários:

  1. Um de meus orgulhos é colecionar pilares. Sem demagogia, não preciso de muito dinheiro, mas de vários pilares e muita saúde. Amo ler seus textos. Abraçaços...

    ResponderExcluir
  2. Essa é a melhor das coleções, meu querido Escobar!!! Obrigada!!! Abraços

    ResponderExcluir